Ex-jogador de críquete quer mostrar que mudanças podem ser boas

Grant Robinson decidiu no início de sua carreira que tentaria mudar de emprego a cada 10 anos de sua vida profissional. Inicialmente, ele era um jogador de críquete* de primeira classe, jogando em distritos do norte.

*O críquete é um esporte que utiliza bola e tacos, cuja origem remonta ao sul da Inglaterra, durante o ano de 1566. Considerado por muitos um esporte parecido com o basebol, ele foi inspirado num rudimentar jogo rural medieval chamado stoolball.

Em 2008, ele trocou isso pela vida corporativa e assumiu um papel com a Westpac, onde trabalhou para se tornar gerente nacional de serviços profissionais e diretor da equipe de pequenas empresas Growth Grants da Westpac.

Agora ele abandonou isso para se tornar gerente geral da Ecoware.

Ele disse que teria sido mais fácil manter uma carreira no Westpac, onde ele foi o premiador nos anos de  2015 e 2016 e considerado um dos gerentes de área comercial mais jovens da história do banco, mas sua decisão de sair foi simples.

“Em algum momento você precisa pensar sobre o que está fazendo hoje e como isso impactará o mundo amanhã. A Ecoware tem um propósito claro e completa clareza sobre o que eles representam – tornando o mundo um lugar melhor através da oferta de suas embalagens ​​inovadoras. Eu queria fazer parte de algo que deixaria meus filhos orgulhosos um dia “, disse Robinson.

Ele queria poder mostrar aos filhos que a mudança poderia ser uma coisa boa – que o pai trocasse de emprego e estivesse feliz.

Ele encontrou a Ecoware enquanto administrava o Growth Grants. A cada ano, ele se encontrava com 400 empresas em crescimento conforme elas se inscreviam no programa e estavam envolvidas no julgamento. A Ecoware estava no top seis em 2016 e venceu em 2017.

Ele disse que havia alguns fatores que fizeram a mudança ser a certa: o timing da experiência adquirida em sua carreira anterior, a adequação das habilidades para sua próxima carreira e a oportunidade em si com a Ecoware, que ele disse estar montando uma onda de crescimento da sustentabilidade globalmente.

“Essas coisas contribuíram para uma grande oportunidade. O maior risco não é fazê-lo.”

Ele nunca se preocupou, disse ele, e se concentrou em seguir em frente. “Eu acho que se você ficar parado, você está perdendo uma oportunidade. Qualquer decisão é melhor do que nenhuma decisão.”

As pessoas acabaram sendo estereotipadas em um certo tipo de papel se ficaram muito tempo, disse ele.

Grant Robinson o que a Ecoware estava fazendo era parte do apelo de fazer outra mudança.
Grant Robinson o que a Ecoware estava fazendo era parte do apelo de fazer outra mudança.

Estar no comando de uma pequena empresa daria a ele uma gama de novas habilidades que o beneficiariam em qualquer carreira que ele seguisse, disse ele, mesmo que isso significasse voltar à vida corporativa eventualmente. “Eu adicionei valor a essa proposta.”

“Para mim, estava procurando algo que tivesse um propósito mais amplo. Ter trabalhado para uma empresa de propriedade do Kiwi Inc no exterior apelou.”

Ele disse que qualquer pessoa que estivesse considerando um movimento semelhante deveria ponderar os riscos de não fazer algo. “Ponha-se cinco ou dez anos no caminho e olhe para trás, se você acha que vai se sentir confortável por não ter feito uma mudança e está satisfeito em fazer o que está fazendo, então, talvez, a mudança não esteja certa. Mas se você tem a sensação de que daqui a 10 anos você olhará para trás e pensará que perdeu uma oportunidade que não é tão boa você precisa ir em frente … Eu encorajaria qualquer um a fazer algo que o assusta um pouco “.

Ele estava aberto à ideia de mudar novamente em mais 10 anos. “Se aos 65 anos eu tiver quatro oportunidades de carreira bastante distintas e tiver uma boa experiência, então descansarei pensando que tive uma boa chance na vida.”

Texto escrito por Susan Edmunds e traduzido para a Universidade da Mudança.

Como pode perceber, mobilizar as pessoas para a inovação, futuro e mudanças é essencial. Quer uma mensagem de otimismo e motivação para seu evento? Então leve Marcelo de Elias, um dos maiores especialistas do Brasil no tema mudanças. Peça um orçamento sem compromisso clicando aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMO ORGANIZAR PALESTRAS?

Este e-book traz tudo que você precisa saber para organizar palestras de sucesso em eventos corporativos.
Se você quer garantir o sucesso de seu evento, então baixe este E-book.

>>BAIXAR O E-BOOK