O animal satisfeito dorme, texto de Mário Sérgio Cortella

O animal satisfeito dorme, Mário Sérgio Cortella

O sempre surpreendente Guimarães Rosa dizia: “O animal satisfeito dorme”. Por trás dessa aparente obviedade está um dos mais profundos alertas contra o risco de cairmos na monotonia existencial, na redundância afetiva e na indigência intelectual. O que o escritor tão bem percebeu é que a condição humana perde substância e energia vital toda vez Leia mais sobreO animal satisfeito dorme, Mário Sérgio Cortella[…]