O que é Marketing de Gentileza – e como utilizá-lo para a sua carreira

O Na Prática conversou com a fundadora do Marketing de Gentileza, Laíze Damasceno, que dá dicas sobre como utilizar essa abordagem para construir sua marca pessoal e alavancar a carreira.

 

“Marketing não é apenas sobre marcas, serviços, produtos ou eventos, é sobre relações humanas.” Essa é a frase que Laíze Damasceno utiliza para resumir o que está por trás de uma abordagem que criou e vem se disseminando na internet: o Marketing de Gentileza.

Este artigo foi publicado originalmente no portal Na Prática. Continue lendo aqui.

Basicamente, a metodologia se apoia na adoção de fundamentos da “gentileza” nas relações, sobretudo virtuais, a fim de conquistar a confiança das pessoas. “Uma vez que conquistamos, conseguimos quebrar várias objeções”, afirma ela.

Laíze Damasceno, fundadora do Marketing de Gentileza
Laíze Damasceno, fundadora do Marketing de Gentileza

 

Nesse contexto, gentileza não é apenas sinônimo de ser educado, ou amistoso, mas sim de “dar atenção genuína às pessoas”. Na prática,  a abordagem pode ser utilizada na construção de uma marca. De acordo com Laíze, que também dá palestras, oferece mentoria e cursos sobre o tema, são cinco as premissas que guiam as ações de acordo com o Marketing de Gentileza:

  • atenção;
  • empatia;
  • humanização;
  • gentileza e
  • confiança.

Assim como pode ser aplicada pelas empresas, a abordagem também pode ser utilizada como uma forma de marketing pessoal, por profissionais que busquem se promover. Por exemplo, recentemente, ao lançar um e-book, a fundadora recebeu uma série de feedbacks dos leitores – e um deles chamou sua atenção.

A designer Laila Crivelari fez uma “crítica gentil” à diagramação do material e se ofereceu para ajudar Laíze nesse ponto. Inclusive, enviou uma amostra de como ficaria seu trabalho. O resultado foi uma parceria entre as duas. “O fato de ela ter mandado uma crítica sincera me alertou, ela teve um cuidado”, destaca a fundadora do Marketing de Gentileza. “Isso é marketing pessoal.”

Dicas para utilizar o Marketing de Gentileza e se beneficiar

#1 Utilize suas habilidades para fazer parcerias e projetos

Assim como a designer Laila, é possível aliar o seu know-how com o Marketing de Gentileza e ter bons resultados, como parcerias ou convites para projetos. Para isso, segundo Laíze, é preciso desenvolver um olhar apurado e a iniciativa de se oferecer como profissional.

Uma das formas é a produção de conteúdo – atividade possível para a maioria das pessoas, já que exige poucos recursos. “O legal é você começar a fazer isso com a motivação de levar para as pessoas o que você sabe, de ajudar o outro com coisas que ele nunca tenha pensado”, afirma ela.

#2 Produza conteúdo relacionado à sua área

“Produzir conteúdo gratuitamente é nossa gentileza para o mundo. E se tiver dicas relevantes, sua essência, seu propósito, se estiver alinhado com o posicionamento que você quer assumir no mercado, além de gentileza, é também uma ação estratégica de marketing pessoal.“

Na hora de produzir conteúdo, a fundadora aconselha relacionar os assuntos à temas-chave, como chama os assuntos ligados à área de atuação. “Se você não faz um link direto com seu lado profissional, fica só uma reflexão.”

Mas como fazer isso? Laíze indica duas técnicas para fomentar a criatividade para produzir:

  • Partir de uma experiência do dia a dia e relacioná-la com um tema-chave. “Quando você cria esse hábito, você vira uma ‘máquina de insights‘ – a todo momento estamos vivendo experiências, você começa a aguçar o olhar e transformar essas coisas em conteúdo.
  • Relacionar “temas-paixão” com tema-chave. Aqui, o objetivo é relacionar algo que você goste com os temas da sua área. “Título é igual comida: exemplos e dicas para o seu conteúdo ser devorado pelo público”, por exemplo, é o nome de um dos trabalhos de Laíze em que ela associou um de seus interesses (gastronomia), com sua função de dar dicas para produção de conteúdo alinhado ao Marketing de Gentileza.

#3 Aplique premissas do Marketing de Gentileza aos e-mails

Na comunicação por e-mail, com objetivo de conseguir oportunidades profissionais, é preciso achar o equilíbrio entre se oferecer (ou oferecer algo útil) e não ser inconveniente. O truque é deixar o outro confortável para decidir se aceita ou não – e agir educadamente não importa o resultado obtido. Algumas dicas:

  • Esforce-se em utilizar português claro e correto
  • Não se estenda (os recrutadores leem muitos e-mails por dia)
  • Tente chamar atenção já com o assunto do e-mail
  • Chame a pessoa pelo nome
  • Não deixe o corpo do e-mail vazio quando enviar anexos

Este artigo foi publicado originalmente no portal Na Prática.

Continue aqui na Universidade da Mudança. Acesse o blog completo e veja outros conteúdos relacionados a mudança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMO ORGANIZAR PALESTRAS?

Este e-book traz tudo que você precisa saber para organizar palestras de sucesso em eventos corporativos.
Se você quer garantir o sucesso de seu evento, então baixe este E-book.

>>BAIXAR O E-BOOK