Homem cego e surdo “assiste” à Copa do Mundo com a ajuda de seus amigos e a maneira pela qual ele vê o gol de Neymar é mágico

Homem cego e surdo "assiste" à Copa do Mundo com a ajuda de seus amigos e a maneira pela qual ele vê o gol de Neymar é mágico

Parece que metade da população do planeta está passando pela febre do futebol com a realização da Copa do Mundo FIFA 2018. Presenciamos muitas histórias de amor ao futebol, mas nada que se compare ao que esses amigos fizeram na partida Brasil x Costa Rica. Confira aqui a o fato que teve repercução internacional e chegou até ao Bored Panda.

No dia 23 de junho, Hélio Fonseca publicou um vídeo mostrando seu amigo Carlos, surdo e cego, assistindo a um jogo entre Brasil e Costa Rica. Torcendo pela equipe nacional, os brasileiros descobriram uma maneira de contornar a deficiência de Carlos para deixá-lo aproveitar o jogo pelo qual ele é tão apaixonado.

Carlos nasceu surdo e começou a perder a visão aos 14 anos. Mais tarde, foi diagnosticado com síndrome de Usher, um distúrbio genético que afeta a visão e a audição. Agora, Carlos, de 27 anos, ainda pode aproveitar a Copa do Mundo com a ajuda de seus amigos, depois que Hélio construiu um campo de futebol em miniatura. Ao tocar no campo e deixar seus amigos guiarem suas mãos, Carlos é capaz de “ver” o jogo enquanto ele está acontecendo.

Mais informações: Youtube

No dia 23 de junho, Hélio Fonseca de Araújo postou um vídeo mostrando seu amigo Carlos, que é surdo e cego.

Todos assistiram a um jogo da Copa do Mundo entre Brasil e Costa Rica.

Hélio usou um modelo em miniatura do campo e suas mãos para “traduzir” o jogo para Carlos.

Hélio pesquisou as medidas do campo real.

Ele então construiu uma versão em miniatura dele.

Então, seu amigo surdo e cego pode aproveitar o jogo pelo qual ele é tão apaixonado.

Carlos nasceu surdo e perdeu a visão aos 14 anos, depois foi diagnosticado com síndrome de Usher.

Ninguém o deteve, quando Philippe Coutinho fez o primeiro gol.

Graças a seus amigos incríveis, Carlos pôde aproveitar o jogo pelo qual ele é tão apaixonado.

Assista ao vídeo completo abaixo para ver suas reações.

Eles tentaram pela primeira vez em 2014, quando o Carlos conseguiu ver o campeonato pela primeira vez.

Você pode assistir ao vídeo abaixo também.

As pessoas na internet demonstraram rapidamente apoio e admiração ao ato.

E não poderia ser diferente! Ver pessoas realmente se colocando no lugar de um amigo com limitações é muito bonito.

Você também gostou deste belo exemplo? Compartilhe com seus amigos! Lembre-se de curtir a Universidade da Mudança no Facebook para conhecer mais histórias como essa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMO ORGANIZAR PALESTRAS?

Este e-book traz tudo que você precisa saber para organizar palestras de sucesso em eventos corporativos.
Se você quer garantir o sucesso de seu evento, então baixe este E-book.

>>BAIXAR O E-BOOK